O que aprendeste (ou estás a aprender) com a vivência da doença?

Data:2021-05-09

"Antes que o fio de prata se rompa ea roldana rebente no poço Antes de tudo isto Põe uma escada e sobe ao cimo do que vês (p.161)"
Se fores ao centro de ti mesmoDaniel Faria
Nas comunidades compassivas as pessoas com vivência de doença não são vistas como "recipientes de cuidado", mas como elementos de pleno direito pertencentes à comunidade, e com muito a ensinar e a contribuir. Porque a experiência da fragilidade, comum a todos, mas às vezes mais exposta, frequentemente conduz a que "Põe uma escada e sobe ao cimo do que vês" e se descubra o que realmente importa na vida. Esta partilha é muito importante para que possamos crescer como comunidade mais consciente do potencial que todos possuímos para contribuir para o crescimento do outro.
Neste workshop, teremos o privilégio de ouvir três testemunhos de pessoas com vivência de doença. De seguida, faremos um exercício para acolher as partilhas.
Este workshop foi organizado em parceria com o Grupo ao 3º dia (https://grupoao3dia.wordpress.com/) e é a 3ª edição de uma série, sempre com o mesmo estilo de sessão mas com convidados diferentes.

Qualquer questão não hesite em enviar um email para compassio@compassio.pt

Inscrição - O que aprendeste (ou estás a aprender) com a vivência da doença?