Eu decido, por isso fašo o meu Testamento Vital

Data:2020-11-12

Com: António Folgado

 

Pensar e refletir, sobre os seus valores e preferências, sobre o que de verdade lhe importa e sobre os cuidados que gostaria de receber

É fundamental poder escolher o que quer e o que não quer, para que a sua vontade seja respeitada, se um dia não puder decidir.

O Testamento Vital confere autonomia e proteção e garante que os seus desejos sejam respeitados pelos profissionais de saúde e familiares.

Inscrição - Eu decido, por isso fašo o meu Testamento Vital