Being 97 - a finitude da vida, o seu sentido e o medo da morte

Data:2021-01-14

Partindo de um belíssimo documentário sobre o filósofo Herbert Fingarette queremos refletir em conjunto sobre a finitude da vida, o medo da morte e o sentido da vida.

Herbert Fingarette argumentava que não havia razão para temer a morte, que não era racional ter medo da morte. Mas a partir de certa altura a sua própria mortalidade começou a assombrá-lo, e ele teve que repensar tudo. O filósofo também se questiona sobre qual o sentido da vida.

Convidamos todos os que se inscreverem a ver previamente ao workshop o documentário no youtube: https://www.youtube.com/watch?v=qX6NztnPU-4

Comunidades Compassivas são comunidades que encorajam publicamente, facilitam, apoiam e celebram o cuidado mútuo durante os momentos e experiências mais desafiantes da vida, especialmente aqueles relacionados a doenças que ameaçam a vida e a limitam, doença crónica, fragilidade, envelhecimento e demência, sofrimento, morte e luto. Nas comunidades compassivas também queremos colocar estes temas na conversa entre as pessoas, e por isso este workshop.

Quer vir refletir connosco?

Realizar-se-á no dia 14 de janeiro das 18 às 19.30h via zoom.


Trata-se de uma 2ª edição de um workshop realizado em setembro 2020.

Qualquer questão não hesite em enviar um email para compassio@compassio.pt

Inscrição - Being 97 - a finitude da vida, o seu sentido e o medo da morte